Saiba o que são alimentos processados e as suas características

6 minutos para ler

Em algum momento, ali no supermercado ou no restaurante, você já quis saber o que são alimentos processados, não é mesmo? O que, afinal, essa definição quer dizer. Bom, vamos então mergulhar nesse assunto. Basicamente, os alimentos processados são classificados como alimentos que foram modificados da sua forma natural, por meio de uma vasta variedade de tipos de processamento, com inúmeras finalidades.

Ou seja, no seu dia a dia, é bem provável que você esteja em contato com muitos alimentos processados em seus mais diversos níveis. Agora, para conhecer mais sobre esse processo, sua diversidade, e quais são os alimentos processados e suas características, vamos nos aprofundar a seguir.

Quais alimentos podem ser processados?

Quase todo tipo de alimento usado como base na culinária pode ser processado, para então se tornar um novo alimento, ou um suporte em uma receita, por exemplo. Pescados, carnes, laticínios e ovos, grãos, frutas e vegetais, chá, café, sal e temperos em geral, entre outros. Todos são alimentos que podem passar por algum tipo de processamento.

Eles chegam em seu estado in natura, para então passar por uma modificação do seu estado original para um novo, isso feito por uma grande variedade de tipos e etapas de processamento. Os alimentos congelados a base de mandioca, por exemplo, são uma forma de processamento muito eficiente no mercado de alimentação.

Os principais tipos de processamento são os listados a seguir:

  • Armazenamento;
  • Separação mecânica;
  • Aquecimento;
  • Congelamento;
  • Fritura;
  • Concentração;
  • Defumação;
  • Fatiamento;
  • Mistura;
  • Padronização;
  • Desidratação;
  • Extração;
  • Embalagem;
  • Pasteurização;
  • Fermentação;
  • Entre outros.

As finalidades do processamento de alimentos

Como colocado acima, a realidade mostra que os alimentos processados fazem parte da nossa rotina de alimentação em suas mais diversas formas e modificações. Desde o estado in natura, até os minimamente processados, os processados e alguns ultraprocessados, alimentos industrializados que vamos abordar mais à frente.

As principais razões que levam até o processamento dos alimentos são as seguintes:

Exemplos de alimentos processados

Em seus mais diversos níveis, os alimentos listados a seguir passam por algum tipo de processamento até chegar na casa dos brasileiros:

  • Arroz e feijão;
  • Farinhas diversas (trigo, aveia, fubá, massas frescas e secas a partir dessas farinhas);
  • Frutas secas, sucos de frutas pasteurizados;
  • Verduras e legumes, frutas, raízes e tubérculos lavados, embalados, fracionados e refrigerados, além dos congelados;
  • Cortes de carne resfriados, como a bovina, suína, o frango e também os pescados;
  • Nozes, castanhas, amendoim;
  • Especiarias em geral, ervas frescas ou secas, canela em pó;
  • Leite pasteurizado ou processado no sistema UHT nas mais diversas embalagens (saco, garrafa, caixa);
  • Leite em pó, e leites fermentados em geral.

Alimentos minimante processados e in natura

  • Gordura de coco;
  • Manteiga derivada do leite;
  • Óleos em geral, como os de milho, soja, girassol, além do azeite;
  • Banha de porco;
  • Sal e açúcar refinados.

As diferenças entre alimentos processados e alimentos industrializados

O processamento de alimentos é uma atividade muito mais antiga do que se imagina. Não só na indústria, os alimentos podem e são comumente processados em casa, seja para consumo próprio ou mesmo para fins comerciais particulares. Também são processados nos serviços de alimentação para fins comerciais e institucionais, e principalmente nas indústrias (desde pequenas e médias empresas até gigantes da alimentação).

No entanto, a principal diferença entre os alimentos processados e os alimentos industrializados está na transformação de gêneros alimentícios a partir de um mesmo alimento in natura. Mais do que nunca, a indústria é capaz de transformar uma matéria prima básica em diversos produtos comercializáveis por meio do ultraprocessamento, que utiliza máquina, equipamentos, e força de trabalho especializada.

Um ótimo exemplo é o abacaxi, uma fruta comum nas feiras e nas prateleiras dos supermercados, e que nas mãos das indústrias, podem ser vendidos desde o seu estado original (natural, a fruta inteira), passando pela fruta em caldas (num cenário de processamento do alimento), até o suco de abacaxi em pó (um alimento industrializado que passou por ultraprocessamento.

É aí que se encontram as principais divergências entre os alimentos processados e os alimentos industrializados. Os alimentos processados se assemelham em muitos com alimentos que são elaborados a partir de técnicas culinárias caseiras, mais artesanais, do que processos industrializados.

Alimentos processados no dia a dia

Há famílias que ainda produzem alimentos processados em casa, principalmente as que usam da agricultura como forma de ter uma fonte de renda extra, ou principal. De fato, os alimentos processados fazem parta da memória gastronômica do Brasil há tempos. O impacto social e ambiental desse tipo de alimento é vantajoso em relação aos ultraprocessados.

Como podemos ver, a grande maioria dos alimentos que são consumidos na sociedade atual passa por algum tipo de processamento – e não há um efeito negativo desse processo, mas sim uma otimização do alimento –, e a definição do processamento se dá pelo conjunto de métodos que tornem os alimentos comestíveis, e especialmente que garantam a segurança alimentar, conservem os alimentos por um certo período e mantenham o sabor a uma boa experiência final para o consumidor.

Em alguns casos, o processamento de um alimento em específico é essencial para a garantia de que não haverá problemas ao consumi-lo, ou seja, a noção de alimento processado como um alimento maléfico a saúde não tem fundamento.

Gostou do nosso artigo? Bom, agora você sabe a fundo o que são alimentos processados, e sabe que tem uma boa oportunidade de negócio te esperando nos alimentos congelados a base mandioca, não é mesmo? Para saber mais, entre em contato conosco agora mesmo!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-