Saiba aqui o valor nutricional da mandioca e seus benefícios para a saúde

4 minutos para ler

A mandioca é uma fonte excelente de minerais, vitaminas e carboidratos especiais. Por tratar-se de uma iguaria nutritiva, resistente e barata, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) tem incentivado sua produção e consumo pelo mundo afora, especialmente em países em desenvolvimento, onde o valor nutricional da mandioca faz a diferença.

Por isso, neste post vamos abordar algumas observações sobre esse alimento tão rico, também listamos os principais benefícios para a saúde de quem o consome com frequência. Confira!

Algumas considerações sobre a mandioca

Essa raiz é conhecida em nosso país por diferentes denominações, como aipim ou macaxeira, varia de acordo com a região. Batizada de a “rainha do Brasil”, possivelmente a origem da mandioca vem do sudoeste da Amazônia. Por ser de fácil adaptação, ela hoje é cultivada em todos os estados brasileiros, se espalhou por toda a América e por mais de 100 países.

Assim sendo, o Brasil é o segundo produtor de mandioca do mundo e o seu cultivo está entre os oito principais produtos agrícolas do país. Ela pode ser consumida de várias formas:

  • cozida;
  • frita;
  • purê;
  • tapioca;
  • polvilho;
  • farinha, entre outras.

Se comparamos com a batata, as diferenças dos benefícios da macaxeira são: ela tem maior quantidade de vitaminas A, B1, B2 e C em sua composição e é mais barata. É importante destacar que os carboidratos presentes na mandioca são liberados com mais lentidão e, por isso, prolongam a saciedade e não geram picos de glicemia, apesar de ela conter quase três vezes mais calorias que a batata.

Principais benefícios do valor nutricional da mandioca para a saúde

Para ilustrar o valor nutricional da mandioca, como citamos acima, ela é uma excelente fonte de carboidratos além de ser rica em:

  • vitaminas do complexo B;
  • vitamina C;
  • minerais como zinco, magnésio, manganês, cobre e potássio.

Além de tudo isso, ela é fonte de fibras e isenta de glúten. Não dá para desconsiderar um alimento tão precioso para a saúde como esse, não é mesmo? Por isso, listamos abaixo os três principais benefícios que a mandioca traz para o ser humano.

1. Favorece o coração

Como característica do valor nutricional da mandioca há a presença de minerais importantes para a saúde do coração como o ferro, zinco, magnésio, cobre, manganês e o potássio, especialmente esse último ajuda a controlar os batimentos cardíacos e a pressão arterial.

No mesmo sentido, como é também fonte de fibras, a ingestão do aipim ajuda a estabilizar os níveis de colesterol. Dessa forma, ele promove a melhoria do sistema circulatório como um todo.

2. Ajuda a perder peso

Como dissemos, essa raiz tem em sua composição carboidratos complexos que liberam glicose lentamente para o corpo, e devido a isso os picos de glicose e insulina (onde o excesso é armazenado na forma de gordura) não ocorrem. Essa liberação lenta ainda aumenta a sensação de saciedade, e isso faz com que a pessoa não sinta fome tão cedo.

Outro fator que colabora para a perda de peso é a quantidade de fibras presentes na mandioca, que melhoram o funcionamento do intestino.

3. Tem ação anti-inflamatória

Os saponinos e os polifenóis são nomes bastante esquisitos, porém são os dois principais grupos encarregados pela ação anti-inflamatória e analgésica da mandioca. Por essa mesma propriedade, a macaxeira também é útil no tratamento de doenças como a artrite reumatoide.

Valor nutricional da mandioca

Em sua análise nutricional de nutrientes, uma porção de 100 gramas de mandioca contém:

  • 30,01 g de carboidratos;
  • 0,6 g de proteínas;
  • 11,1 mg de vitamina C;
  • 100,4 mg de potássio;
  • 22,4 mg de fósforo, entre outros.

Por fim, os benefícios mencionados neste post são poucos perto do que o valor nutricional da mandioca pode nos proporcionar. Além de ser benéfica para pessoas que se exercitam, seu consumo é bom para crianças, grávidas e até diabéticos.

Então, você também se surpreendeu com os inúmeros benefícios do valor nutricional da mandioca? Portanto, agora a única coisa que você deve fazer é simplesmente colocar esse alimento e seus derivados na sua dieta e, como distribuidor, em seu portfólio de produtos.

Se você gostou deste artigo, e acredita que seus amigos também serão beneficiados em saber dessas informações, compartilhe-o agora mesmo nas suas redes sociais!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-