Confira como fazer uma boa gestão comercial!

3 minutos para ler

O sucesso não é acaso ou sorte. É o resultado de muita dedicação, de escolhas corretas e, acima de tudo, de uma gestão eficiente. Empresários que têm as rédeas do negócio e controlam, com precisão, as finanças, assim como a equipe, a logística e os processos como um todo, conquistam o sucesso.

É nesse sentido que surge a importância de gerir bem o seu negócio. Afinal, cada detalhe, aqui, faz toda a diferença. Interessou-se pelo assunto e quer saber como fazer uma boa gestão comercial? Continue, então, a leitura!

Controle rigorosamente o estoque

Imagine jogar quilos de alimentos fora ou, ainda, não conseguir atender a uma empresa porque não tem a quantidade necessária da mercadoria. Acredite: esses cenários são mais comuns do que você imagina. Só que essas situações poderiam ser solucionadas com o devido controle do estoque.

Uma administração eficiente do estoque permite que você monitore adequadamente as mercadorias. O que isso significa na prática? Você saberá a quantidade exata de produtos de que necessita para atender à demanda, evitando desperdícios.

Nem precisa dizer que o controle apropriado do estoque reduz o capital parado em épocas menos produtivas. Além do mais, possibilita que você adquira os insumos de acordo com a saída de cada mercadoria, ou seja, de acordo com a rotatividade, o que interfere diretamente na rentabilidade do negócio.

Defina metas

Como saber se os resultados são satisfatórios se não existe nenhum parâmetro, nem mesmo objetivos traçados? Perceba, nesse contexto, a importância de estabelecer objetivos. Com eles, será mais fácil saber onde você, ou melhor, a empresa quer chegar.

Vale frisar que as metas devem ser consistentes e palpáveis. Não caia na armadilha de estipular valores e objetivos surreais, pois essa ação terá um efeito contrário, desmotivando tanto a equipe quanto o alto escalão administrativo.

Desenvolva estratégias de vendas

Por mais que o setor de alimentação seja um dos mais consistentes, uma vez que os produtos são itens de necessidade básica, existem períodos que podem oscilar. Não à toa, é preciso traçar estratégias eficazes de vendas, de forma que você não fique apenas esperando os potenciais clientes procurarem a sua distribuidora.

Lembre-se, aqui, de que não basta apenas ter qualidade. Aliás, essa é a premissa de qualquer negócio que esteja em atividade. É preciso, nesse sentido, planejar as vendas. Pense fora da caixa. Use a criatividade a seu favor e desenvolva campanhas que sejam realmente atrativas para os clientes.

Não pare por aí. Contrate e capacite vendedores e representantes. Eles devem estar aptos a atender ao cliente com excelência. É fundamental também fornecer as devidas condições — informações e ferramentas — para que eles possam executar suas tarefas e, assim, vender mais.

Além do mais, dê a devida remuneração, valorizando o serviço prestado por eles. Tenha em mente que se a equipe estiver satisfeita, a empresa alçará voos mais altos. O ideal é que exista uma sinergia, de forma que os vendedores entendam que se a organização crescer, eles crescerão junto.

Já sabe como fazer uma boa gestão comercial e, agora, quer dicas para selecionar um time campeão? Veja, então, nosso artigo sobre as características de um bom representante de vendas!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-