Qual é a importância do controle de qualidade na cozinha?

4 minutos para ler

O controle de qualidade na cozinha é um dos diferenciais que mais influenciam o sucesso do negócio. Porém, para efetivar um plano de controle de modo a cumprir a legislação e alinhar os colaboradores ao objetivo da empresa, é preciso um planejamento estratégico.

Tendo isso em vista, este artigo vai apresentar o que é o controle de qualidade na cozinha, qual é a sua importância para a sustentabilidade do empreendimento e quais são os benefícios de escolher fornecedores qualificados e que tenham uma visão diferenciada nesse sentido. Acompanhe!

O que é e qual é a importância do controle de qualidade na cozinha?

O controle de qualidade dos alimentos está relacionado a qualquer ação que objetive melhorar as boas práticas nos procedimentos que envolvem a higiene e a manipulação de gêneros alimentícios. O objetivo é que o alimento fique livre de qualquer tipo de contaminação para que o seu consumo não resulte em perigos à saúde.

Ter esses cuidados na cozinha e adotar ferramentas adequadas tornam o alimento mais seguro. A adoção de medidas de segurança e a implantação de métodos que promovam o controle de qualidade na cozinha devem acompanhar todas as etapas de produção dos alimentos.

Como melhorar o controle de qualidade na cozinha?

As empresas que atuam no ramo alimentício devem se adequar às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão supremo que define as leis a serem observadas. Além dessa medida, há outras igualmente relevantes e que ajudam a melhorar o controle de qualidade na cozinha. Veja quais são elas a seguir:

Adote procedimentos padronizados

Investir na padronização dos procedimentos é um dos pontos mais relevantes para assegurar a uniformidade dos produtos fabricados. Adotar um padrão que atenda a todos os pré-requisitos básicos inerentes à segurança e qualidade alimentar pode trazer muitos benefícios para a sua empresa.

Além de tornar os processos mais eficientes, reduzir o tempo de produção e evitar desperdícios de insumos, a padronização ainda promove o alinhamento da equipe quanto à execução das atividades, o que influencia bastante a produtividade.

Determine os pontos de controle

Determinar os pontos de controle em cada etapa de produção é primordial para o cumprimento das metas propostas em prol da melhoria do controle de qualidade na cozinha. Vale destacar que o ideal é buscar o equilíbrio da quantidade de pontos de maneira a evitar resultados que não estejam integrados aos padrões estabelecidos. Mas isso deve ser feito sem prejudicar a velocidade do fluxo de produção.

Defina os indicadores e metas

Definir indicadores é um dos aspectos mais relevantes para atingir as metas de qualidade, pois eles são os quantificadores desses pontos de controle. Por meio deles, é possível estabelecer os parâmetros de qualidade esperados, analisar todos os resultados alcançados e fazer uma comparação com a situação inicial.

Um dos indicadores importantes é a temperatura adotada para manter a conservação dos alimentos. No decorrer do processo, você pode avaliar as principais características — cor, odor e sabor, por exemplo — e descobrir os pontos que ainda exigem melhoria no controle de qualidade.

Invista em fornecedores qualificados

Como você pôde notar, é necessário adotar medidas que promovam o controle de qualidade na cozinha. Nessa perspectiva, trabalhar com parceiros qualificados é essencial para alcançar essa meta. Por isso, sua empresa precisa conhecer os benefícios de escolher fornecedores que tenham uma visão diferenciada e que valorize a qualidade em todos os processos que realiza.

Quer mais soluções para negócios no ramo de alimentação? Entre em contato com a Oyshi e saiba como podemos ajudar você!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-