Como evitar o desperdício de alimentos no restaurante? Entenda

6 minutos para ler

Seus custos estão altos e você não sabe como evitar o desperdício de alimentos no restaurante? Essa é uma dúvida de muitos empresários, como você, que precisam encontrar meios de melhorar a eficiência do negócio para se manterem competitivos no mercado. Apesar de ser um desafio, a redução do volume de perdas em uma cozinha é possível, apenas exige atenção e conhecimento.

Se você quer saber o que deve fazer para acabar com o desperdício de alimentos em seu restaurante, aproveite as dicas que selecionamos neste artigo!

Contabilize sua demanda

Vamos começar com um ponto muito importante para a gestão eficiente de um restaurante, mas que muitos acabam negligenciando quando o assunto é evitar o desperdício de alimentos no restaurante. Conhecer a demanda habitual é fundamental para saber o quanto deve ser produzido para que não falte nem sobre nada. Existem dois cuidados que ajudam nessa questão. Veja abaixo.

Acompanhe as oscilações na média de clientes diários

A quantidade de clientes frequentando o seu estabelecimento pode variar bastante, de acordo com uma série de fatores. Contudo, em uma visão mais macro, é possível identificar um padrão de comportamento e uma tendência de crescimento ou declínio. Épocas do ano e do mês, datas especiais e momentos da economia precisam ser levados em consideração nessa análise, entre outros detalhes.

Prepare apenas o necessário para suprir a demanda do dia

Aquele velho ditado: “melhor sobrar do que faltar”, é um péssimo conselho. Deixe pronto apenas o que for ser vendido no mesmo dia, com base na média diária de clientes. Para evitar que falte comida em caso de um aumento fora do previsto, mantenha alguns alimentos em fases intermediárias de preparo, tais como os salgados congelados. Assim, será possível entregar mais produtos caso seja necessário.

Otimize o processo de produção da cozinha

Olhando para dentro da cozinha do seu restaurante, há muito o que fazer para minimizar os desperdícios de alimento. Entre todas as boas práticas aplicadas no mercado, vamos destacar três que causam impactos maiores nos resultados financeiros do negócio. Confira.

Identifique os gargalos de desperdício de alimentos

Cada desperdício acontece em uma etapa do processo de preparação de uma refeição. Pode ser na qualidade dos ingredientes comprados, pode ser no tempo que leva até eles serem utilizados ou mesmo na forma com a qual eles são manipulados.

A questão é observar como acontece a rotina da cozinha e, em quais momentos os desperdícios aparecem. Esse esforço ajuda a encontrar a raiz do problema e facilita o desenvolvimento de ações mais efetivas para a sua solução.

Estabeleça rotinas de preparo dos ingredientes

A fase de preparação dos ingredientes é um trabalho importante não apenas para agilizar o processo de produção, mas também para gerenciar melhor os recursos disponíveis. Se uma determinada receita leva 100 gramas de açúcar, tenha porções prontas nessa quantidade disponíveis para uso imediato e guarde o restante no estoque.

Sem isso, uma pequena distração pode fazer com que dois pacotes de cinco quilos sejam abertos desnecessariamente, expondo o alimento à contaminação e reduzindo seu prazo de validade. A rotina bem estruturada condiciona os colaboradores a agir de forma mais eficiente sem grandes esforços.

Cuide do armazenamento adequado das sobras

Assim como no caso das embalagens abertas, as sobras de alimentos devem ser armazenadas seguindo os cuidados exigidos pela Anvisa. Identifique cada item em relação ao que ele é e à data que ele foi guardado. Ingredientes que foram separados, mas não chegaram a ser utilizados, podem entrar nas receitas do dia seguinte se forem mantidos em segurança e, na maioria dos casos, sob refrigeração.

Faça mudanças em seu cardápio

Por fim, você também tem como reduzir o desperdício de alimentos no restaurante adotando algumas mudanças em seu cardápio. Para isso, mantenha o foco das alterações nos pontos que listamos a seguir.

Aproveite a sazonalidade de forma adequada

A sazonalidade é uma característica que afeta muito o mercado de alimentação. Afinal, é um setor que está diretamente envolvido com períodos de safra e entressafra, que afetam tanto o preço quanto a qualidade dos produtos. Por isso, tenha uma sessão do cardápio para oferecer as receitas que levam ingredientes da época.

As mudanças podem ser na substituição de alguns ingredientes ou na criação de opções completamente novas. Além de ser uma forma de obter alimentos de melhor qualidade, também é uma ótima estratégia para diversificar o mix de produtos e oferecer novidades aos clientes.

Monte uma programação semanal mais estratégica

Todos os dias, a sua equipe de cozinha olha a programação do que será servido e prepara os ingredientes e pratos conforme as quantidades determinadas. Para que os clientes não enjoem, as ofertas são variadas ao longo da semana. A montagem desse cardápio semanal pode ser muito mais inteligente se for feito de forma estratégica.

Uma boa dica é ter receitas que utilizam os mesmos ingredientes em dias consecutivos. Em um dia ele pode ser o principal, no outro, apenas um coadjuvante. Use e abuse da criatividade e lembre-se sempre de pensar na segurança alimentar acima de tudo.

Utilize produtos semiprontos congelados

A última estratégia é o “pulo do gato” para o cotidiano do seu restaurante. Com todos os avanços possibilitados pela tecnologia, os empresários contam com uma gama muito maior de produtos pré-fabricados. Os alimentos podem ser comprados crus ou finalizados, como acontecem com os kibes congelados, que têm opções para quem deseja fritá-los na hora ou apenas aquecê-los para servir.

Depois de todas essas dicas sobre como evitar o desperdício de alimentos no restaurante, não tem mais desculpa para continuar tendo custos tão altos. Escolha bons fornecedores e tome o cuidado de finalizar apenas o que vai ser vendido no dia. Seguindo essas orientações suas gestão será mais eficientes e a economia gerada pode se transformar em novos investimentos.

Se você gostou deste artigo, com certeza entende a importância do controle de desperdício de comida em restaurantes. Além das questões empresariais, trata-se de uma ação que gera benefícios para a sociedade como um todo.

Então, ajude a divulgar essas práticas para que outras pessoas também possam contribuir com essa causa. Compartilhe este post em suas redes sociais.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-