Saiba como definir o preço de venda de um produto!

4 minutos para ler

Saber definir o preço de venda ideal para seus produtos ou serviços é essencial para o sucesso do seu empreendimento, seja qual for o seu setor de atuação. Isso porque, se seu preço for muito alto, vai espantar os clientes, ao passo em que, se for muito baixo, você terá dificuldades para cobrir os custos da sua operação.

Entendendo que esse processo pode ser particularmente difícil para quem está abrindo seu primeiro negócio ou mesmo para quem deseja implementar um processo de reposicionamento em uma empresa já existente, nós preparamos para você esse guia com os principais pontos a serem considerados nesse momento. Confira!

Entenda as diferenças entre valor e preço

Imagine por um momento dois restaurantes especializados em hambúrgueres. O restaurante A fica situado em um bom bairro da cidade, possui ar-condicionado, atendentes bem treinados e música ambiente. Já o restaurante B serve seus lanches em mesas de plástico ao ar livre e o cliente é quem tem que ir buscar o hambúrguer no balcão.

Nesse caso, as duas empresas vendem lanches, mas existe uma clara diferença na percepção de qualidade que o cliente tem: no restaurante A se tem uma experiência muito superior à do restaurante B. Essa diferença é o que chamamos de valor percebido: não apenas o preço de venda do produto, mas o quanto seu cliente acredita que ele vale.

Assim, quando falamos em valor, fazemos referência a toda a experiência percebida pelo cliente, já o preço diz respeito apenas a quanto você cobra pelo seu produto. É importante ter isso muito claro em mente pois um dos fatores que mais impacta o preço do seu produto é o valor que você consegue agregar a ele.

O que levar em conta na hora de precificar

Agora que entendemos a diferença entre o preço de um produto e seu valor percebido, é hora de conhecermos alguns componentes que devem ser levados em conta na hora de precificar sua mercadoria.

Custos e despesas

O primeiro item a ser contabilizado para determinar o preço de venda de um produto são os custos envolvidos na sua produção. Seguindo o exemplo das hamburguerias acima, podemos citar como custos todas as matérias primas utilizadas, como carne, pão, maionese, queijo, bacon, etc.

Entram também aqui as despesas da operação, como folha de pagamento, contas de água, luz, telefone e internet etc. Essas despesas devem ser calculadas proporcionalmente à produção de cada produto.

Concorrência

Uma forma muito comum de precificar seu produto é com base nos preços praticados pela concorrência. Eles costumam ser um bom termômetro de quanto seu cliente está disposto a pagar por algo similar ao que já é oferecido.

Entretanto, é importante ter em mente que você pode praticar preços mais altos se entregar um produto com maior valor agregado, ou mais baixos, se optar por uma operação mais enxuta com foco em volume de vendas.

Mark-up

O mark-up nada mais é que a margem de lucro desejada e pré-fixada. Assim, digamos que você deseja ter um lucro de pelo menos 20% em cada produto. Nesse caso, basta acrescentar aos custos de produção um mark-up com esse valor e você garantirá essa margem antes mesmo de verificar os preços da concorrência.

Agregando valor ao seu produto

Como vimos no início, a percepção de valor que você consegue gerar no cliente impacta diretamente o preço de venda dos seus produtos. Pense, por exemplo, no mais novo iPhone. De um ponto de vista objetivo, ele faz praticamente o mesmo que qualquer outro smartphone atual. Entretanto, a Apple consegue gerar no público a percepção de que, ao usarem o iPhone, eles estão se diferenciando das outras pessoas, adquirindo um produto exclusivo e único, e vale a pena pagar por isso.

Da mesma forma, você deve criar uma aura de qualidade e exclusividade em torno da sua marca, incutindo no cliente o desejo de se associar aos valores transmitidos pela sua empresa comprando seu produto.

E então, gostou das nossas dicas? Com elas fica muito mais fácil determinar o preço de venda dos seus produtos. E se você quer mais dicas sobre empreendedorismo, curta nossa página no Facebook e se encaminhe para o sucesso!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-